Últimas notícias
Home / Notícias / Governo Municipal obtém licença ambiental da Cetesb para início do tratamento de esgoto em Paraibuna

Governo Municipal obtém licença ambiental da Cetesb para início do tratamento de esgoto em Paraibuna

A Prefeitura de Paraibuna conseguiu uma licença ambiental da Cetesb (Companhia de Tecnologia e Saneamento Ambiental do Estado de São Paulo) para iniciar a construção da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) de Paraibuna.

O prefeito Vitão Miranda comemora esta grande conquista da nossa cidade. “Como gestor público nós apoiamos para conseguir a licença para CAEPA, após reuniões junto à Secretaria de Meio Ambiente do Estado e com o diretor da Cetesb em São Paulo e da sede regional de São José dos Campos, tudo para viabilizar este projeto do tratamento de esgoto tão sonhado pelos paraibunenses e que é de suma importância para o nosso município”, afirma.

Ainda de acordo com o Chefe do Poder Executivo Municipal, “É importante frisar que a licença só foi possível porque a CAEPA elaborou um excelente projeto técnico prontamente aprovado pela Cetesb. Conquistamos esta licença por dois motivos distintos: o belo trabalho da equipe técnica da CAEPA na elaboração do projeto e o nosso apoio político junto ao Governo do Estado.

Segundo o Governo Municipal, neste primeiro momento Paraibuna obteve a chamada Licença Prévia (LP), o que significa que o projeto é viável e pode ser executado. A expectativa da Prefeitura de Paraibuna é que a cidade saia de 0% de esgoto tratado, gradativamente rumo à universalização do tratamento, proporcionando uma melhor saúde pública e mais qualidade de vida a população.

Investimentos

De acordo com informações da Companhia de Água e Esgoto de Paraibuna, a ETE – localizada próxima à Vila Camargo, na região central da cidade – começará a ser instalada em breve com o início dos serviços de terraplanagem. A estrutura da Estação de Tratamento de Esgoto é pré montada e foi importada da Alemanha. A previsão é que a obra seja concluída entre quatro e cinco meses com investimentos de cerca de 7 milhões de reais, isto contribuirá para gerar mais emprego e investimentos no município.