Home / Notícias / Paraibunenses, Washington Fonseca e Hélio “Zulu”, são homenageados com placas na Rodovia dos Tamoios

Paraibunenses, Washington Fonseca e Hélio “Zulu”, são homenageados com placas na Rodovia dos Tamoios

O Governo Municipal encaminhou à Concessionária Tamoios um Ofício no qual solicitou a instalação de placa na passarela do km 45 da Rodovia dos Tamoios (SP-99) com o nome do ex-vereador do município, Washington de Salles Fonseca (in memoriam). Após autorização da ARTESP – Agência Reguladora de Transportes do Estado de São Paulo, a placa foi instalada no local, em frente ao condomínio Village Paraibuna.

A colocação do nome do Sr. “Washington Fonseca” foi viabilizada por meio do projeto de lei nº 1.587/2015, do Deputado Hélio Nishimoto, que se transformou na Lei nº 16.377, de 12 de janeiro de 2017, após ter sido aprovada pela Assembleia Legislativa de São Paulo e promulgada pelo então governador do Estado, Geraldo Alckmin.

Segundo Renata Fonseca, uma das filhas do Seu Washington, ter o nome do pai na placa é motivo de grande satisfação. “Nossa família ficou muito emocionada com essa justa homenagem a uma pessoa que deu sua parcela de contribuição à cidade que sempre amou. Meu pai foi agricultor, vereador, motorista de transporte escolar, era muito atuante no que fazia, mas, em especial gostava de ajudar nas festas e a preparar com muito carinho o “Afogado”, não apenas no aniversário da cidade, como também em festas nos bairros, principalmente no bairro do Comércio, onde morava; ele gostava muito disso e tinha o prazer de ver as pessoas saborearem esse prato típico do nosso município”, declara.

O professor de basquete, Hélio de Paula “Zulu” (in memoriam) também foi homenageado, ao ter seu nome colocado na placa da passarela localizada no km 28 da Tamoios. Zulu, como era popularmente conhecido, faleceu em 2015. Ele ficou conhecido por seus relevantes trabalhos em prol ao esporte paraibunense, tendo sido responsável pela equipe masculina de basquete de Paraibuna e também por ter atuado, durante muitos anos, como professor do Instituto Santo Antônio, onde realizava o trabalho de iniciação esportiva para crianças do município.