Home / Notícias / Prefeitura divulga lista de classificados para o Programa de Auxílio Desemprego do Governo de SP. Os habilitados devem se apresentar, nesta quinta (31/10), às 8h, no Departamento de Assistência Social para assinatura do “Termo de Adesão”

Prefeitura divulga lista de classificados para o Programa de Auxílio Desemprego do Governo de SP. Os habilitados devem se apresentar, nesta quinta (31/10), às 8h, no Departamento de Assistência Social para assinatura do “Termo de Adesão”

A Prefeitura de Paraibuna, por meio do Departamento Municipal de Assistência Social recebeu a lista dos 25 convocados pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado de São Paulo para as atividades no município do PROGRAMA MEU EMPREGO – PROGRAMA EMERGENCIAL DE AUXÍLIO-DESEMPREGO, também conhecido como FRENTE DE TRABALHO, após as inscrições feitas pelos candidatos no dia 30/08/2019.

Para conseguir participar do programa, os cidadãos habilitados deverão comparecer à sede do Social, na Av. Major João Elias Calazans, 365, ao lado do Centro Comunitário, nesta quinta-feira (31/10), às 8h, para assinarem o “Termo de Adesão”, munidos dos seguintes documentos: original e cópias do RG, CPF, comprovante de endereço e Carteira de Trabalho. Informações pelo telefone: 3974-2040.

SOBRE O PROGRAMA MEU EMPREGO

     O Programa Meu Emprego é um Programa Emergencial de Auxílio-Desemprego (“Frente de Trabalho”), uma iniciativa do Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, que tem como objetivo proporcionar ocupação, qualificação profissional e renda aos trabalhadores maiores de 17 anos desempregados no mínimo um ano e residentes há pelo menos dois anos no estado de São Paulo.

Os bolsistas da Frente de Trabalho permanecem no programa por até nove meses, com jornada de seis horas diárias, de segunda a sexta-feira, trabalhando nas áreas de zeladoria, limpeza, conservação, manutenção de órgãos públicos municipais, entre outras atividades. Os beneficiários recebem ainda uma bolsa-auxílio de R$210,00 mensais e uma cesta básica no valor de R$86,00, que inclui seguro de acidentes pessoais, além de curso de qualificação.

Segundo o Governo do Estado, é importante os beneficiários saberem que neste programa não há registro em Carteira de Trabalho e Previdência Social, não há FGTS e outros direitos trabalhistas, já que o programa tem caráter assistencial e de formação profissional.

     De acordo com informações do Departamento de Assistência Social da Prefeitura de Paraibuna, o número de vagas disponibilizado ao município, bem como o processo de seleção foram definidos pelo Governo do Estado, através de avaliação dos técnicos da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico, conforme critérios estabelecidos pela Lei Estadual Nº 10.321, de 08 de junho de 1999.